A tecnologia extinguindo coisas

Que a tecnologia veio para revolucionar o mundo, não é novidade para ninguém. Mas, você já parou para pensar o que existe hoje, e que não existirá daqui a alguns anos?

Meios de Pagamentos

Todo mundo tem hoje o cartão de crédito cadastrado no celular. Realizamos compras e pagamentos através dele, apenas por aproximação. Hoje, é caso um crime ir em um estabelecimento e o funcionário dizer que não aceita pagamento por aproximação.

Mas e o cartão de crédito, o que acontecerá com ele? Dentro de alguns anos, ele vai ser considerado artigo de Museo. Isso porque, a grande crescente em pagamentos por aproximação está muito maior do que imaginamos.

Hoje, até transporte público já conseguimos pagar com aproximação. Seja por seu cartão de crédito, ou por aplicativos de transporte por aproximação.

Liberdade em entradas

Ainda falando sobre coisas de Museo, quem hoje entra no estacionamento do prédio, ou até mesmo na entrada do condomínio com a chave? A grande maioria usa tags de aproximação, e até mesmo reconhecimento fácil.

Atualmente carros estão sendo ligados pelo botão “Start/Stop “, que nada mais é que uma chave, só que uma chave que você não perde. E se você mora em casa, hoje já e possível trocar a fechadura da sua porta, por uma eletrônica. E seja livre de chaves. (Se você morar em apartamento, consulte as normas antes de instalar).

Impressoras 3D diminuindo a fila de transplantes

Hoje, sempre que um paciente precisa de um transplante de órgãos, ele entra em um fila de espera. Claro que, se você conhecer alguém que pode doar um órgão em específico, você não entra na fila de espera, mas isso é muito raro. Infelizmente órgãos essenciais como o coração por exemplo, não existe como doa-lo, sem que o doador tenha falecido. Isso, por pouco tempo.

A medicina já vem usando impressoras 3D para imprimir uma réplica do órgão que será operado, através da integração com exames de ultrassom do paciente. Assim, é possível gerar uma peça idêntica, estudá-la antes da operação.

Mas, já existem estudos bem avançados sobre a impressão de órgãos aptos a implantes nos próximos anos. Ou seja, em breve a fila de transplante pode diminuir.

O que a tecnologia já substitui-o?

Hoje você usa com frequência itens que antes você usava de outra maneira, e você nem percebe.

O streaming de músicas chegou para substituir a compra de CDs. Quem nunca comprou um CD com 20 músicas, por que gostava de 2 apenas? Com o streaming, você paga uma assinatura mensal, e escuta todas as músicas que você gosta.

O streaming de filmes substituiu os DVDs, que já tinha substituído as fitas cacetes, que faziam parte de uma locadora de filmes. Quantas locadoras você vê por aí?

Kindle vem substituindo os livros. Hoje, muitas pessoas leem livros online. Diminuindo a compra de livros. (Eu não apoio muito, amo sentir o cheiro da folha)

E os orelhões telefônicos, que foram substituídos por celulares? Antes, tinha um orelhão a cada esquina, hoje a geração 2000 nunca viu um.

Até as luzes de casa as pessoas não acendem mais hoje. Quem tem Alexa, com certeza automatizou ela para algumas tarefas, nem que seja ligar uma tv.

Agora me conte você, o que faz parte do seu dia a dia, que uma tecnologia já substitui-o?

Sobre Bianca Dezorzi 84 Artigos
Pós Graduada em Gestão de T.I, estou sempre aprendendo e consumindo conteúdos de Gestão. Atualmente sou Customer Success Manager na BNP e coordeno uma poderosa Central de Serviços. E nas horas vagas? Amo passear na natureza com meus cachorrinhos.

2 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*