Como empresas de tecnologia podem incentivar a participação feminina na área

A área de tecnologia tem sido historicamente dominada por homens, mas a participação feminina vem crescendo e promovendo mudanças significativas nesse cenário. No entanto, ainda há um longo caminho a percorrer para garantir a representatividade feminina nesse setor tão importante.

Falar sobre a inclusão e a diversidade de gênero em tecnologia é fundamental para tornar o ambiente mais justo e equitativo. Durante muito tempo, a tecnologia foi vista como um espaço exclusivo para homens, mas felizmente essa mentalidade está sendo superada e cada vez mais mulheres estão ocupando posições de destaque em áreas de tecnologia.

Os números mostram que a presença feminina na tecnologia tem crescido significativamente nos últimos anos. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, o número de mulheres trabalhando na área aumentou em 60% em cinco anos, saltando de 27,9 mil em 2014 para 44,5 mil em 2019. É um avanço considerável, mas ainda há muito trabalho a ser feito.

De acordo com o relatório #QuemCodaBR, produzido pelo Pretalab em parceria com a ThoughtWorks, a diversidade é ainda uma questão distante do ideal no mercado de tecnologia brasileiro. Em quase 65% dos casos, as mulheres representam no máximo 20% das equipes de trabalho no setor. Além disso, mais de 30% das empresas não têm nenhuma pessoa negra nas suas equipes e quase 70% das equipes de tecnologia possuem no máximo 10% de pessoas negras.

Esses dados são preocupantes e destacam a necessidade de medidas mais efetivas para garantir a inclusão e a diversidade no setor de tecnologia. As empresas têm um papel fundamental nesse processo, e precisam adotar medidas concretas para incentivar a participação de mulheres e de outras minorias no mercado de tecnologia.

Foto: Febraban tech

Os desafios da inclusão feminina na tecnologia

Algumas medidas que podem ser adotadas pelas empresas incluem a criação de programas de mentoria para mulheres, o incentivo à formação e ao desenvolvimento de habilidades técnicas, bem como a adoção de políticas de igualdade salarial. Além disso, é importante que as empresas se comprometam publicamente com a diversidade e incluam em suas equipes pessoas de diferentes origens, experiências e perspectivas. Essas medidas podem ajudar a transformar a tecnologia em um ambiente mais inclusivo e diverso, beneficiando a todos.

As mulheres enfrentam diversos obstáculos na área de tecnologia, tais como a falta de representatividade feminina em cargos de liderança e a desvalorização do trabalho realizado por mulheres.

É fundamental destacar que a presença de mulheres em posições de liderança na área de tecnologia é essencial para promover a igualdade de gênero e para inspirar outras mulheres a seguirem carreiras nesse setor. Felizmente, muitas empresas como é o caso da BNP Soluções em T.I por exemplo, incentivam mulheres em posições de liderança.

Medidas para incentivar a participação feminina na área de tecnologia

Para que a participação feminina na área de tecnologia seja incentivada, é necessário que as empresas adotem medidas concretas e eficazes para tornar o ambiente de trabalho mais inclusivo e diverso. Isso pode incluir o estabelecimento de políticas que garantam igualdade de oportunidades, a revisão dos processos de recrutamento e seleção para eliminar preconceitos inconscientes e a oferta de programas de capacitação específicos para mulheres.

Outra ação que pode ser tomada é a valorização da diversidade na equipe, que pode trazer novas perspectivas e ideias para a empresa.

A importância da inclusão e diversidade na área de tecnologia

A inclusão e diversidade são valores cada vez mais importantes na sociedade atual e não poderia ser diferente na área de tecnologia. Empresas que valorizam a diversidade tendem a ser mais inovadoras, criativas e eficientes, trazendo uma série de benefícios tanto para os negócios quanto para seus colaboradores.

Um exemplo é a empresa americana IBM, que tem como um de seus principais pilares a valorização da diversidade e inclusão em suas equipes. A empresa investe em iniciativas como grupos de afinidade e redes de diversidade, além de programas de capacitação e desenvolvimento específicos para mulheres e grupos minoritários.

Outro exemplo é a SAP, multinacional alemã de tecnologia que tem como um de seus objetivos alcançar a equidade de gênero em suas equipes até 2025. A empresa investe em programas de desenvolvimento e liderança feminina, além de políticas de flexibilidade e inclusão que permitem conciliar a carreira com a vida pessoal.

Esses são apenas alguns exemplos de empresas que perceberam a importância da diversidade e inclusão na área de tecnologia. Além de ser uma questão ética e moral, investir em inclusão e diversidade pode trazer benefícios para a cultura organizacional, a inovação, a criatividade e a produtividade da empresa.

Em resumo, falar sobre a representatividade em tecnologia é essencial para garantir que o setor seja inclusivo e diverso. Embora os números mostrem um crescimento na presença feminina na tecnologia, ainda há muito a ser feito para garantir a inclusão de mulheres e outras minorias. As empresas têm um papel fundamental nesse processo, e é importante que elas adotem medidas para incentivar a participação de todos no mercado de tecnologia.

Sobre Janaina Valim 82 Artigos
Como Analista de Dados, minha paixão é desvendar insights valiosos e transformá-los em estratégias de sucesso. Constantemente em busca de novos conhecimentos, minha jornada vai além das planilhas e gráficos. Fora do mundo dos dados, sou uma apreciadora entusiasta de vinhos e cervejas, sempre em busca de novos sabores e experiências.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*