Inteligência Artificial IA

Olá pessoal tudo bem? No post de hoje vou falar sobre um assunto que tenho certeza de que você já ouviu falar, tem tudo para ser uma revolução tecnológica, mas muitos ainda não sabem bem como funciona e sua aplicação. Hoje vamos falar de Inteligência Artificial (IA).

                A inteligência artificial nada mais é que uma máquina treinada para se parecer com um humano. Ela é capaz de pensar, aprender e decidir um melhor a caminho a se seguir como se fosse um humano, porém nada mais é que uma máquina que analisa um montante de dados para chegar em uma definição, e como um humano, ela também pode errar.

Como funciona

                Se você achou que é fácil desenvolver uma IA, está enganado.  Para ficar mais fácil o seu entendimento na preparação dessa inteligência, pense em uma criança, e como é difícil prepará-la para o mundo. Ambas necessitam da mesma dedicação e paciência para aprender, da mesma maneira que uma criança vai para a escola e se prepara para o mundo, a IA usa várias áreas da tecnologia, a seguir 3 tipos de tecnologias que você já ouviu falar, e são importantíssimas nesse processo: Machine Learning, Deep Learning e PLN (Processamento de linguagem Natural).

                Machine Learning: Essa tecnologia nada mais é que um método de automatização. A máquina avalia dados e padrões e os automatiza. Não necessita de muita interferência humana, porque usa o humano como base. Essa tecnologia descobre padrões e é capaz de tomar as decisões por você, sem que você a perceba fazendo isso. Hoje temos essa tecnologia bem próximas, um exemplo disso é a Netflix. Quem nunca entrou na Netflix, e foi na opção “Títulos que você pode gostar”. Nada mais que a Machine Learning analisando os títulos que você costuma assistir, e sugerindo coisas novas. Se você aceita aquele título sugerido, ela acertou em seu estudo. Se você não escolhe, ela coloca em seu banco de dados que aquela categoria pode não ser a sua favorita.

                Deep Learning: Nada mais que a aprendizagem profunda. É uma tecnologia que treina computadores para realizar tarefas como reconhecimento de voz, capacidade de identificar imagens e até previsões de acontecimentos. Ele configura parâmetros e treina o computador para aprender sozinho e até mesmo imitando um neurônio cerebral. Ela é capaz de aprender a se defender de ataques, sem a necessidade de intervenção humana nesse momento. Um exemplo claro de um Deep Learning comparado a um humano: Você tem a capacidade de olhar sua mãe e reconhecer que ela é sua mãe, da mesma maneira que um cachorro tem a capacidade de reconhecer seu dono, pois lembra da imagem e do seu tom de voz. E a Deep Learning? Aposto que você já ouviu falar da famosa Siri. Assistente virtual de dispositivos IOS. Ela pode não te ver, mas quando escuta o comando “E aí siri”, ela reconhece a sua voz e te atende. Tente fazer esse teste em um dispositivo IOS que não seja seu, ela simplesmente irá de ignorar.  Essa é a Deep Learning funcionando.

                PLN (Processamento de linguagem natural): Ela estuda e tenta reproduzir processos de dados ligados a funcionalidades humanas. Utilizando essa tecnologia, a máquina é capaz de compreender melhor documentos, textos, extração de relatórios e hoje é muito usada em atendimento ao consumidor. Utiliza softwares para entender o que o humano precisa, e até mesmo sente. Muito usada hoje em posts na internet de grandes redes de lojas. Como você acha que uma empresa consegue fazer uma propaganda e saber se o público gostou dela? A PLN consegue entender sentimentos através de algoritmos, procurando padrões em postagem similares e entendendo o que o cliente poderão achar daquela postagem.

                Você pode não ter percebido, mas tenho certeza de que algumas das situações acima já passou por você, ou seja, você já passou pela inteligência artificial.

E o futuro?

                A inteligência artificial é uma grande aliada no desenvolvimento das empresas, e possui uma tendencia muito grande de crescimento. Treinada ela é capaz de avaliar indicadores financeiros e tomar decisões, aproveitar o funcionário em uma melhor função na empresa, aquela que ele se adequa mais, pode ser usada para mapear tendencias e oportunidades de vendas, dentre outras coisas, sempre otimizando e automatizando os processos.

                Agora você pode estar pensando, e o meu emprego? Se hoje sou pago para executar tal tarefa, a IA fazendo isso, o que será da minha função?  A IA não vem para o mercado tirar seu emprego, ela vem para lhe ajudar a ser mais produtivo. Já pensou quantas horas você pode ficar levantando dados para elaborar um relatório, otimizando tempo a IA consegue fazer em segundos, tornando você mais produtivo para aquilo que realmente interessa.

Sobre Bianca Dezorzi 8 Artigos
Formada em Gestão de T.I, apaixonada por cães e sempre aprendendo. Atualmente trabalho como Customer Success Manager e coordeno uma poderosa central de serviços

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*