Criptografia – Conheça o Básico sobre Criptografia

Fala rapaziada, beleza?

Hoje darei inicio em uma sequência de artigos relacionados a criptografia, um dos meus assuntos favoritos em Cyber Security. Tentarei passar de forma ilustrada e simplificada para vocês alguns assuntos referente a criptografia e gostaria de lembrar que apenas irei dar uma introdução ao assunto, a criptografia vai muito além e é muito mais complexa do que essas simples demonstrações.

Para que serve a Criptografia?

A criptografia é uma forma de cifrar uma informação de forma que ela se torne ilegível para pessoas não autorizadas. Ela é diretamente associada a um dos pilares da segurança da informação, a confidencialidade. (Veja aqui o artigo sobre os pilares da segurança aqui)

Mas como ela funciona?

O processo de criptografia utiliza alguns algoritmos matemáticos que servem para “embaralhar a mensagem” tornando os dados indecifráveis para pessoas sem autorização de acesso. Pessoas com autorização terão a chave de acesso e poderão visualizar a mensagem sem problemas.

Você sabia?

A criptografia é um dos recursos mais importantes da Cyber Security e ela está presente no nosso dia a dia.

Por exemplo, vamos supor que você precise fazer compras online em um site X. E vamos supor que o site X utilize o protocolo http, protocolo não seguro que não utiliza criptografia no tráfego dos dados.

A forma de pagamento para efetivar a compra será seu cartão de crédito. Como o site X não criptografa o tráfego de dados, todas as informações do seu cartão estarão vulneráveis na transição dos dados pela imensa internet, correndo o risco de cair em mãos de pessoas más intencionadas.

Agora imagine o site Y, que o utiliza o protocolo HTTPS para tráfego dos dados, protocolo que utiliza criptografia. (irei explicar um pouco melhor sobre o HTTPS em artigos futuros). Caso os dados caiam em mãos de pessoas más intencionadas, os dados estão totalmente ilegíveis, e sem a chave de acesso os dados continuariam mantendo sua confidencialidade.

Confidencialidade da Informação em Trânsito e em Armazenamento


No exemplo acima utilizamos um exemplo da criptografia para resolver um problema de confidencialidade da informação no percurso entre o computador e o site, em outras palavras protegemos a informação em trânsito. 

Em outro exemplo, imagine que o HD de um servidor foi fisicamente roubado. Usando o mesmo conceito do exemplo acima, se as informações do HD estiverem sem criptografia elas poderão ser vistas. Porém, se o HD estiver criptografado, as informações estarão ilegíveis para o invasor e mesmo com o HD em mãos as informações se manteriam confidenciais. Em outras palavras estamos protegendo as informações em armazenamento. 

No próximo post, ‘Criptografia –  Chaves Simétricas e Assimétricas’, irei explicar para vocês o funcionamento básico das chaves de acesso.

Sobre Vitor Prado 11 Artigos
Das periferias de Diadema para o mundo. Maloqueiro nato que encontrou na evolução um dos sentidos da vida.

1 Trackback / Pingback

  1. Criptografia – Chaves Simétricas e Assimétricas - 4Future

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*